11 visualizações

Audio:

Adelino cobra do Banco do Brasil atenção aos clientes de Campo Novo Publicado em: 30/7/2018
  • Categoria: JULHO

Adelino cobra do Banco do Brasil atenção aos clientes de Campo Novo

 

Agencia só tem um funcionário para atender toda demanda do município...

 

 Clientes do Banco do Brasil do município de Campo Novo de Rondônia recorreram ao deputado Adelino Follador (DEM), para buscar soluções quanto à falta de atendimento e inoperância de caixas eletrônicos na agência do município.

 

De acordo denuncia recebida pelo parlamentar, a agência conta com apenas um (01) funcionário e os caixas eletrônicos chegam a ficar até sete (07) dias sem dinheiro, há uma grande demanda para atender moradores do município e dos distritos da região, inclusive o pagamento dos servidores da prefeitura é feita através desta agência, causando grandes transtornos aos servidores e ao comercio local.

 

O deputado Adelino Follador transmitiu as informações ao Superintendente do Banco do Brasil em Rondônia, pedindo providências que pudesse atender as solicitações da comunidade.

 

De acordo ofício recebido pelo parlamentar na quarta-feira (25/07), em resposta às solicitações, a Superintendência de Negócios de Varejo do Banco do Brasil em Rondônia, informou que os terminais de autoatendimento, ao demandarem manutenção, necessitam que o atendimento técnico seja por equipe especializada, que comparece ao local de instalação na companhia de um funcionário do Banco, que pelo fato da agência está vinculada a agência de Monte Negro, o funcionário deve ser deslocado desta localidade, e por questões de segurança, deve ser acompanhado pelo serviço de escolta armada, porém, o serviço de escolta, até recentemente era realizado pela Polícia Militar, e atualmente não conta mais com este apoio.

 

“O Banco do Brasil realizou a tentativa de contratação do serviço de escolta armada, e este não se tornou possível. As empresas de segurança/vigilância, que possuem contrato com o Banco, não adotam esta modalidade de serviço. Por fim, estamos buscando alternativas para solução da questão”. Diz a nota.

 

Diante do exposto, o deputado Adelino afirmou que buscara alternativas que possa resolver o problema.

 

 

 

Autor: Assessoria 

Faça seus comentários sobre está notícia

Últimos comentários

 
 
     
   
     
Publicidade:
© 2013 Atlantis News - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Novos Ventos Sistemas